NOSSA CASA

NOSSA HISTÓRIA

ONDE ESTAMOS

QUEM SOMOS

NOSSO COMPLEXO

NOSSA AGENDA

FALE CONOSCO

Em um sábado de céu azul e vento frio, os termômetros não passaram dos 18ºC, mas na pista do Autódromo Velo Città a temperatura subiu: os pilotos gentlemen drivers da Mitsubishi Lancer Cup abriram a temporada 2016 acelerando os Lancer RS em duas corridas muito disputadas.

“O grid está competitivo e como os carros são rigorosamente iguais, vencem os melhores pilotos”, explica Guilherme Spinelli, diretor da Ralliart Brasil, divisão de alta performance da Mitsubishi Motors. “Apenas um décimo pode fazer uma enorme diferença. Está muito apertado”, completa Elias Azevedo, vencedor da categoria Lancer RS na segunda prova do dia.

Na primeira corrida, realizada às 13h, o mineiro Mauro Neuenschwander levou a melhor. “É maravilhoso. Ano passado venci quase todas as etapas, faltou apenas uma. Então já cheguei animado para esse ano”, conta o piloto de um Lancer RS. “Consegui a pole, mas cometi um erro. E aí coloquei pressão no JP Mauro, um excelente piloto, para retomar minha posição e chegar.”

Estreante na Lancer Cup, JP Mauro brigou milésimo a milésimo com o vencedor da prova. “Consegui me adaptar rápido, gostei do carro. Andei bem e fiquei satisfeito. Realmente a disputa foi muito boa e divertida”, conta o piloto. Ele conquistou dois segundos lugares neste sábado.

Já na categoria Master, para pilotos acima de 45 anos, Renato Favatti subiu ao lugar mais alto do pódio na primeira corrida. “Andei do jeito que sei andar e me surpreendi com o quarto lugar na classificação. Achei o caminho das pedras, cheguei em quarto na geral e primeiro na Master”, comemora. “Vou encarar o resto da competição com mais motivação.”

E na categoria Light, para pilotos que nunca tinham corrido de Lancer RS nos anos anteriores, Sergio Laganá, que também estreou na Lancer Cup, celebrou. “Tenho vários amigos que andam aqui e viviam me convidando. A pista é gostosa e desafiadora e gostei bastante do carro”, fala. “É claro que pegar o primeiro lugar é muito bacana. Mas quero mais.”

Antes da segunda corrida do dia, os pilotos fizeram mais uma tomada de tempo para definir a posição de largada. “Classificamos novamente e eu pude fazer a melhor volta, para largar na pole”, conta Ricardo Feltre, campeão da categoria Lancer RS. “Temos que buscar o campeonato de novo. Sei que tem muitos pilotos bons, mas como vencemos ano passado, o objetivo é ser campeão de novo.”

Na Light, Luiz Barcellos emocionou-se com sua primeira vitória. “Nunca vou esquecer. Depois de três anos, eu estou andando mais rápido e sendo mais confiante. E me diverti muito, como sempre, que é o mais importante. Esse campeonato propicia divertimento para quem ama automobilismo. E ganhar é maravilhoso.”

E na Master, Elias Azevedo, também estreando na Lancer Cup, comemorou a vitória. “É muito bacana. Participar deste evento é fantástico”, conta. “Vou lutar pelo campeonato da Master e, quem sabe, brincar na geral. O Ingo me ajudou muito, é um excelente mestre e professor”, falou sobre Ingo Hoffmann, coach dos pilotos da Lancer Cup.

A Lancer Cup tem patrocínio de Lubrax, Pirelli, BTG Pactual, Transzero, Ecopads / Vaz, Unirios, Axalta, Protune e Projeto Sign.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies de serviços de terceiros para oferecer uma experiência melhor.
Leia sobre como usamos cookies e como você pode controlá-los clicando em "Política de Privacidade".